segunda-feira, agosto 18, 2008

IN Adega



A DançArte estreia, no dia 29 de Agosto, “In Adega, com o apoio da Câmara Municipal.

O espectáculo tem início às 21 horas e estará em cena até ao dia 31, no Núcleo Museológico do Vinho e da Vinha, na antiga Adega da Herdade de Algeruz e é acompanhada pelo Ensemble de Trompetes de Palmela.
A noite termina com uma prova de vinhos da Casa Mãe da Rota dos Vinhos da Península de Setúbal, em Palmela.



As entradas custam € 7,50 (€ 5,00 para espectadores com menos de 25 anos ou mais de 65) e estão à venda no Cine-Teatro S. João (telf. 212338520) e nos locais habituais. Nos dias de espectáculo, estarão à venda no local, mediante lotação disponível. A Câmara Municipal assegura transporte gratuito entre Palmela e Algeruz, mediante reserva.

2 Comentários:

Blogger CC disse...

Finalmente voltamos a ter o previlágio de lermos as tuas "noticias"!!!

Bêjos.

Cris

3 de setembro de 2008 às 20:58  
Blogger José Freitas disse...

Vivemos num regime de Censura.
Os adeptos alemães chamaram durante todo o jogo macaco ao Nani e as Censuras da RTP, SIC, TVI e SPORTV, proibiram a divulgação desse facto indesmentível!!!
Falam contra a Censura da Coreia do Norte e eles fazem o mesmo, parece que estamos na Coreia do Norte!
Vencemos a Dinamarca por 3-2.
É interessante o blog.
O excelentíssimo António Borges quer que os salários de fome passem a ser salários de muita fome. Mas ele ganha um salário muito interessante e é mais um «moralista», no dia 11 de Junho de 2012, fartou-se de pregar a sua moral para os outros, mas que não usa para si próprio, na RTP1, depois da 22.30.
O LAZER É ÓPTIMO, O PIOR É QUANDO FALTA O SUBSÍDIO DE FÉRIAS.
Um programa recente da SIC Notícias disse mentiras sobre o caso «Equador», que tem frases inteiras copiadas de «Cette nuit la liberté».
MST é um «moralista» anti-Esquerda.
É sempre bom conhecer melhor um «moralista».
A Censura anda muito activa nos comentários dos blogs. Espero que deixe passar este comentário.
Em www.anticolonial21.blogspot.com está a verdade inconveniente sobre a cópia de partes de «Cette nuit la liberté» por Miguel Sousa Tavares para o livro «Equador».

14 de junho de 2012 às 23:12  

Enviar um comentário

<< Página inicial