quinta-feira, maio 25, 2006

O Armário Milagroso - Visões do Japão no Final do séc. XIX Através da Gravura Japonesa




Logo após a devolução do poder ao imperador Meiji, no dia 14 de março de 1868, são editadas em nome do imperador, as directrizes básicas do novo governo, denominadas Gokajô no goseimon (Juramento de cinco cláusulas): 1) Promover uma ampla assembleia, respeitando a opinião pública; 2) As medidas governamentais deverão ser tomadas em comum acordo; 3) Todos, desde os burocratas até os civis, devem concretizar as suas aspirações, sem se sobrecarregarem física ou espiritualmente; 4) Abandonar os velhos costumes restritivos e agir abertamente, baseando-se nos bons costumes; 5) Procurar pelo mundo amplos conhecimentos para o bem da nação.



"O Armário Milagroso"
Visões do Japão no final do Séc. XIX através da gravura japonesa
No final do Século XIX o Império do Sol Nascente era uma sociedade em profunda transição. A chegada do Comodoro Perry e dos americanos, em 1853, desencadeou uma mudança de um Japão predominantemente rural e feudal para um Japão industrial e desenvolvido, apanágio da época Meiji.
No entanto, a cultura tradicional japonesa manteve a sua enorme vitalidade, alicerçada no respeito e amor à Natureza, numa sociedade firmemente hierarquizada e seguidora dos ancestrais códigos de conduta, assim como em modelos artísticos e culturais que prevaleceram ao longo de séculos. A arte da gravura constitui igualmente um dos expoentes artísticos do Japão antigo e moderno.
Esta exposição traz-nos aspectos correntes desses dias, desde o desenvolvimento urbano assente num modelo ocidental, até aos mais ínfimos detalhes da Natureza, passando, entre muitos, pela religiosidade e outras tradições culturais.



Galeria Municipal de Arte de Almada
Av. D. N. Álvares Pereira, 74-A
Tel.: 212 724 724
» 10h00-12h30 . 14h00-18h00

Até 31 de Julho

3 Comentários:

Anonymous T man (o rei do andaimo) disse...

As medidas 2 e 3 são inexequíveis; as 4 e 5 são muito úteis e open mind. Assembleia não leva acento nenhum. Tens uma luz dentro de ti. Acesa... claro!

25 de maio de 2006 às 15:16  
Blogger apereira disse...

isto é retirado de um site brasileiro... nem tive tempo para fazer revisão ortográfica... mas fá-lo-ei Sr. professor :-)

Não esquecer que estamos a falar do periodo Meiji, séc. XIX.

A exposição deve ser muito interessante, procurei gravuras destas em Amesterdão, não encontrei!!!

25 de maio de 2006 às 17:22  
Blogger apereira disse...

corrigido!!!

26 de maio de 2006 às 12:41  

Enviar um comentário

<< Página inicial