quarta-feira, junho 07, 2006

Seven Days in Sunny June


Depois de um dia estúpido como o de ontem, mal estar, irritabilidade, birra, impaciência, vontade de me iniciar no crime...hoje o dia renasce, nublado mas carregado de boa energia...
Não tenho tido paciência para "bloggar" nem tempo... percebi, infelizmente que não se pode inventar horas... e os minutos passam de uma maneira assustadora.
Mas o Verão já anda à espreita, os mosquitos já andam em circulação e o Capilé já roda fresquinho em finais de tarde solarengos ;-)

Três músicas para hoje... para acordar... tudo a cantar, braço no ar... OH YEAH...

Jamiroquai - "Seven Days in Sunny June"
The pebbles you've arranged
In the sand they're strange
they speak to me like to constellations as we lie here
There's a magic I can't hold
your smile of honey gold
and that you never seem to be in short supply of

(Chorus)
Ooh, so baby lets get it on
Drinking wine, and killing time and sittin in the summer sun
You know, I wanted you so long
Why did you have to drop that bomb on me

Lazy days crazy dolls
You said we've been friends too long
Seven days in sunny June
Were long enough to bloom
The flowers on the summer dress you wore in spring
The way we laughed as one
And then you dropped the bomb
That I've know you too long for us to have a thing

(Chorus)x2
Ooh, so baby lets get it on
Drinking wine,and killing time and sittin in the summer sun
You know, I wanted you so long
Why did you have to drop that bomb on me
Why did you have to drop the bomb

Could it be this
The story in your eyes
Tell of silent wings
You fly away on.

Seven days in sunny June
Were long enough to bloom
The flowers on the sunbeam dress you wore in spring
Yeah yeah, the way we laughed as one
Why did you drop that bomb on me

(chorus)
Ooh, so baby lets get it on
Drinking wine, and killing time and sittin in the summer sun
You know, I wanted you so long
Why did you have to drop the bomb on me

Could it be this
The honeysuckle blessings you seem to show me
Could it be this
For seven days in june I wasn't lonely
Could it be this
You never gave me time to say I love you
Could it be this
I know you dont believe me but it's so true

Don't walk away from me girl
I read the stories in your eyes
Don't you walk away from me
I read the stories in your eyes
And you been telling we been friends for too long girl
I think I love you
I think I love you


(but you wanna drop the bomb)
ooh

uhhhhhhh

Quantic Soul Orchestra - "Hold it Down"
http://www.hmv.co.uk/hmvweb/displayProductDetails.do?ctx=281;1;-1;-1&sku=92570

e uma brasileirada... gira... cantada pela Maria Betânia, em acústico... letra de Vinicius (adulterada pela minha preferência geográfica)

Um velho calção de banho
O dia pra vadiar
Um mar que não tem tamanho
E um arco-iris no ar
Depois na praia Caymmi (Carvalhal/Comporta)
Sentir preguiça no corpo
E uma esteira de vime (toalha velha...)
Beber uma água de côco (sangria branca... e que branca)

É bom
Passar uma tarde em Itapuã (no Carvalhal)
Ao sol que arde em Itapuã (na areia do Carvalhal)
Ouvindo o mar de Itapuã (....já sabemos)
Falar de amor em Itapuã (amor é que não... peixe-aranhas?)

Enquanto o mar inaugura
Um verde novinho em folha
Argumentar com doura
Com uma cacha de rolha
E com olhar esquecido
No encontro de céu e mar
Bem devagar ir sentindo
A terra toda a rodar

É bom
Passar uma tarde em Itapuã (no Carvalhal... todos juntos)
Ao sol que arde em Itapuã (")
Ouvindo o mar de Itapuã (")
Falar de amor em Itapuã (")

Depois sentir o arrepio
Do vento que a noite traz
É o diz-que-diz-que macio
Que brota dos coqueirais (ninhos de cegonha nos postes de electricidade)
E nos espaços serenos
Sem ontem nem amanhã
Dormir nos braços morenos
Da lua de Itapuã (do Carvalhal... e o céu de Julho é tão bonito)


Com as noites que têm estado... e o aproveitamento que cada um lhes tem dado... hummmm... é um doce!!!

5 Comentários:

Anonymous andaimo's prince disse...

O paraíso é um lugar ao pé de nós. O binómio de Newton é tão belo como a Vénus de Millo. Há é pouca gente para reparar nisso.

8 de junho de 2006 às 10:51  
Anonymous andaimo's prince disse...

A propósito da foto do "Verano Azul"; eu adorava aquela série (pensei que fosses demasiado bebé para vê-la). Sou capaz de assobiar o genérico (aliás, estou a fazê-lo) e recordo imensas personagens: Xavi, Piranha, Bea, Chanquete... Boa memória. Fui uma criança bem feliz; acho que isso me deu saúde.

8 de junho de 2006 às 10:55  
Blogger apereira disse...

Vi todos os episódios do "Verão Azul"...até me recordo, inclusivé, de alguns. Adorava o Piraña. Fui, de certo modo, educada pela TV... desta altura :-)
O Xavi era o giro.... e a Bea gostava dele...

8 de junho de 2006 às 12:15  
Blogger Lusco Fusco disse...

Lembro-me que o final da série foi verdadeiramente depressivo. O mar que era azul ficou vermelho e de repente tivémos todos de voltar à escola. Será que ficámos com algum trauma ou nódolo cerebral com o desenlace da série? Que Freud nos valha.

8 de junho de 2006 às 17:52  
Blogger Electrobot disse...

Essa foto do Verão Azul trouxe-me agradáveis recordações...:D

9 de junho de 2006 às 16:36  

Enviar um comentário

<< Página inicial